Como inserir os blogs na Prática Pedagógica? Professores Transformadores

Professora Marli Fiorentin:

Sou professora de escola pública, graduada em Letras e com especialização em Tecnologias em Educação; curiosa, adoro aprender, ensinar e inovar!

” Como educadora, sempre me incomodou a metodologia da transmissão de conteúdo, centrada no professor”.

Que motivos você teve para criar um Blog Pedagógico?

Em 2005 criei o primeiro blog com objetivos educacionais, depois vieram muitos. Dava aulas de língua portuguesa para as séries finais do ensino fundamental e também atuava na coordenação do laboratório de informática da escola.

Como educadora, sempre me incomodou a metodologia da transmissão de conteúdo, centrada no professor.  Por isso sempre me interessei por estratégias em que fosse possível oportunizar aos educandos o protagonismo de sua aprendizagem.  Uma das formas de proporcionar isso, foi com o uso de tecnologias, com as quais eles poderiam exercitar mais autoria, ser mais autônomos na construção dos conhecimentos.

Me encantei com o blog pela possibilidade de ser tanto um suporte  para socializar conteúdos e produções, quanto estratégia para interação e colaboração.

Aprender a língua portuguesa num contexto social, comunicando-se com outras pessoas além dos muros da escola, além de ser fator motivador, deu mais significado ao conhecimento.  Os meus alunos não escreveriam apenas para eu ler e avaliar, mas para suas ideias serem conhecidas e discutidas com quem estivesse disposto a isso, desde colegas da sala, de outras turmas da escola ou qualquer pessoa do mundo.

O primeiro blog, Vidas Secas, da Ficção à Realidade,  quando ainda pouco se conhecia boas experiências pedagógicas com essa ferramenta, foi um grande aprendizado também para mim, pois eu sabia o que queria, mas não imaginava como seria. Fomos experimentando e descobrindo juntos muitas possibilidades, vibrando, vivendo experiências e desdobramentos incríveis.  

Portanto, criar um blog foi uma estratégia para aprender de um jeito inovador, dando “voz” aos meus alunos. Foram muitos projetos tendo como base o uso dessa ferramenta, que dá suporte para o uso de muitas outras, como textos, vídeos, imagens,  livros digitais, podcasts, etc. 

Também vi a possibilidade de criar um blog pessoal, em que pudesse socializar minhas próprias ideias  e projetos, interagindo especialmente com colegas educadores. Assim, pude me inserir a blogosfera educacional, trocando experiências com educadores desse e de outros países, realizando parcerias de trabalho, intercâmbios com nossos alunos, desenvolvendo  uma formação profissional permanente. Assim surgiu o meu blog mãe Blogosfera Marli, onde reúno todos os meus projetos, o que sou, o que penso.

Que dicas você daria para os professores que ainda não tem um blog?

Aos professores que ainda não tem blog eu aconselho a criarem logo o seu espaço pessoal. Experimente,  divirta-se, descubra possibilidades. Foi assim que eu comecei.  Crie um blog para aprender , criar familiaridade com a ferramenta,  para publicar o que achar interessante. Aos poucos comece a exercitar a autoria.

Eu penso ser muito importante o professor também criar seus próprios conteúdos. Isso motiva, inspira  e aproxima muito seus alunos.

Visite outros blogs, observe qual a temática predominante o blog aborda, se há um projeto sendo desenvolvido e por quem, interaja através dos comentários. Insira-se na rede, seja presença online.

Planeje um projeto e proponha o uso do blog para desenvolvê-lo. Existem várias formas de organização: blog colaborativo para uma ou mais turmas (com uma senha única ou inserindo os alunos com suas próprias senhas); blogs por grupos de trabalho; blogs individuais. Lembre-se, o blog é um meio, não um fim. Proponha atividades  desafiadoras, que instiguem a reflexão, a interação e a autoria. Embora o blog sirva como recurso para disponibilizar conteúdos,  evite  usá-lo  como se fosse um quadro de giz.  Explore a interatividade que a ferramenta oferece, faça dele um espaço de conversação.

Persista, instigue, mesmo que seus alunos deem preferência às redes sociais. O blog é um espaço próprio, onde fica registrado todo o processo de forma mais organizada, podendo ser acessado a qualquer hora. Use as redes sociais para divulgar o blog, assim você pode proporcionar maior interação.

Incentive  a correção da escrita, fale da importância disso para ser bem compreendido, mas   não se preocupe  se acontecerem alguns erros que fazem parte do processo de aprendizagem. Ensine a seus alunos o respeito à autoria(citar as fontes do que publicam)  e às ideias dos outros. Mostre que é importante argumentar, colaborar.

Usando o blog é possível aprender,  além do conteúdo da sua disciplina,  ética, cidadania, criatividade, protagonismo. Utilize  o espaço para dar voz a você e seus alunos.

 Entrevista na Net educação

http://neteducacao.com.br/as-caras-da-educacao/vidas-secas–da-ficcao-a-realidade

 Blog Vida Secas

http://ficrealidade.blogspot.com.br/

 Blogosfera Marli

http://blogosferamarli.blogspot.com.br/

O blog Ferramentas do Professor agradece a nossa querida professora Marli pela sua contribuição neste espaço de interação. Sempre fui sua fã e sempre acompanhava seu trabalho com as tecnologias, parabéns pelo texto e pelo excelente trabalho que fez e continua fazendo na Educação.

E obrigada a você por estar lendo esta belíssima experiência, volte sempre!

Forte abraço,

Elaine!

 

Elaine

Professora, Empreendedora e Especialista em Informática Educativa desde o ano de 2007 e é uma entusiasta pelas Novas Tecnologias e Empreendedorismo Digital.
Além de oferecer dicas e vídeos tutoriais, o blog ferramentas do professor tem como objetivo divulgar cursos online e compartilhar experiências com outros professores.

Website: http://ferramentasdoprofessor.com.br

2 Comentários

  1. Querida Elaine!
    Fico honrada de poder contribuir socializando um pouco do meu trabalho aqui nesse teu espaço. Estou agora em outra etapa da minha vida, me reorganizando e vendo novas possibilidades de atuação profissional. Sempre estarei atenta e ligada à educação, pois tenho em mim esse compromisso permanente com a educação. Um grande abraço!

    • Obrigada por suas palavras minha querida, sou sua fã!
      É uma honra também para mim ter a sua experiência aqui no blog.
      Grande abraço e sucesso em seus novos projetos profissionais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *